domingo, 17 de janeiro de 2016

ESTATUTO DO AMOR - FÁTIMA TELES



ESTATUTO DO AMOR

Por Fátima Teles, Assistente Social, Escritora e poeta

ARTIGO I – O amor é a maior expressão de beleza que há dentro do ser humano.

ARTIGO II – Todas as formas de amor e de amar são verdadeiras e devem ser vividas.

ARTIGO III –Que o silêncio seja exercido para evitar atritos e feridas na alma. Que a tolerância seja praticada para evitar conflitos e que o respeito seja a bandeira levantada, através de atitudes em nome da paz.

DECRETO IRREVOGÁVEL – O amor é Lei universal.

ARTIGO IV -  Amar a si próprio para aprender a amar ao próximo.

ARTIGO V – Fica decretada a utilização da empatia, se colocando no lugar no outro para avaliar sua dor e assim poder ajuda-lo.

ARTIGO VI – Não julgar quem quer que seja ,mas compreender que cada pessoa tem uma história particular.

DECRETO IRREVOGÁVEL – Fica permitido tomar banho de chuva, correr  na rua de mãos dadas com os (as) amigos(as).

ARTIGO VII – Fica permitido cheirar o perfume das flores nos quintais e jardins como se fosse beija-flores.

ARTIGO VIII – Fica permitido brincar com os animais, dando-lhes energias de carinho.

DECRETO IRREVOGÁVEL – Proteger, cuidar e preservar efetivamente  todos os seres da criação divina.

ARTIGO XIX – Fica permitido o uso da alegria, do sorriso, da gargalhada na vida quotidiana. Olhar as nuvens, procurando nelas o rosto da pessoa amada.

ARTIGO X – Fica permitido o abraço e o beijo nas manhãs diárias de Sol. Olhar para o horizonte e se permitir sentir saudades de um lugar, de pessoas queridas presentes ou ausentes.

ARTIGO XI – Fica permitido caminhar cantando e dançar no meio da rua em nome da alegria. Sentar nas calçadas para contar as estrelas nos céus, comer pipoca e escrever poesias.

DECRETO IRREVOGÁVEL – A moeda de troca da humanidade será o amor. O amor será pago com o amor e a justiça será feita pelo amor.

ARTIGO XII – Fica permitido perdoar-se para seguir seu próprio caminho livre e feliz.

ARTIGO XIII – Fica estabelecida a prática do perdão, para que tenhamos consciência que perdoando aos outros estamos nos libertando e sendo perdoados também.

DECRETO IRREVOGÁVEL- A paz é Lei universal e o bem  maior da humanidade.

ARTIGO XIV – Fica estabelecida a prática da honestidade consigo próprio e com as pessoas em geral.

ARTIGO XV – Fica decretado relacionar-se somente por amor, para que os dois olhos brilhem juntos e os dois corações vibrem ao se tocar.

ARTIGO XVI – Que todos os seres humanos possam caminhar livremente sem medo uns dos outros.

ARTIGO XVII – Que todas as crianças sejam amadas e protegidas. Que todos nós nos permitamos nos colorir com elas e brincar de roda em grandes cirandas.

ARTIGO XVIII – Que a velhice seja protegida e respeitada como rica fonte de experiência e sabedoria.

DECRETO IRREVOGÁVEL – Fica estabelecida a prática da gentileza todos os dias com todas as pessoas.

ARTIGO XIX – Fica estabelecida a prática da gratidão desde as primeiras horas da manhã até ao anoitecer, como forma de identificar-se com o universo. 

ARTIGO FINAL – A compaixão e caridade são Leis universais e devem guiar os passos de toda a humanidade como expressão de lei maior, o amor.


Fátima Teles

domingo, 3 de janeiro de 2016

ESTATUTO DA LIBERDADE HUMANA - FÁTIMA TELES ( COM IMAGEM)

TEXTO DE FÁTIMA TELES

ASSISTENTE SOCIAL, ESCRITORA E POETA

IMAGENS RETIRADAS DO GOOGLE PELO PROFESSOR RAFAEL ALVES

GRATIDÃO AO ESPÍRITO QUE ME ILUMINA!







ESTATUTO DA LIBERDADE HUMANA- FÁTIMA TELES



ESTATUTO DA LIBERDADE HUMANA

ARTIGO I
QUE A VIDA SEJA VIVIDA DE FORMA PLENA E EFETIVA

ARTIGO II
QUE A VERDADE DE CADA PESSOA SEJA RESPEITADA E POSSA SER  EXPRESSADA E VIVIDA SEM PROIBIÇÕES

ARTIGO III
QUE AS CORES QUE ESTÃO NA NATUREZA SEJAM APRECIADAS E CUIDADAS POR NÓS, PARA QUE A VIDA SEJA VIVIDA EM MUITOS TONS.

DECRETO IRREVOGÁVEL
QUE A ALEGRIA E O ESTAR FELIZ SEJAM PLENOS EM NÓS, AINDA QUE POR MOMENTOS

ARTIGO IV
QUE A LIBERDADE DE PENSAR , SEJA COMO UM BANDO DE PÁSSAROS EM VOOS EM BUSCA DE HORIZONTES

ARTIGO V
QUE A LIBERDADE DE EXPRESSAR-SE SEJA EFETIVA E RESPEITADA. QUE AS NOSSAS PALAVRAS NÃO SEJAM USADAS CONTRA NÓS, MAS A NOSSO FAVOR.

ARTIGO VI
QUE A LIBERDADE DE SER,  POSSA SER PROCLAMADA E VIVENCIADA SEM SER TOLHIDA OU USURPADA.ELA VENHA DE DENTRO E SE VISTA DE CÉUS EM NOSSA ALMA.

DECRETO IRREVOGÁVEL
TODAS AS PESSOAS TEM O DIREITO DE AMAR E TODAS AS FORMAS DE AMOR E DE AMAR SÃO VERDADEIRAS.

ARTIGO VII
QUE A LIBERDADE SEJA TAMBÉM O DESAPEGO DAS FORMAS DE OPRESSÃO. SEJA O PERFUME DE TODAS AS RELAÇÕES, ONDE CADA UM(A) POSSA TER A SUA INDIVIDUALIDADE GARANTIDA.

ARTIGO VIII
QUE NÓS SERES HUMANOS APRENDAMOS A RESPEITAR E PROTEGER A LIBERDADE DE TODOS OS SERES QUE ESTÃO NA NATUREZA COMO GARANTIA DO DIREITO À VIDA.

ARTIGO XIX
QUE O TRABALHO NÃO SEJA ALIMENTADO COMO ÓPIO E A CRIATIVIDADE NÃO SEJA TOLHIDA PELA OPRESSÃO E INVEJA. QUE ELE SEJA VIVENCIADO COMO PÃO E POESIA.

DECRETO IRREVOGÁVEL
QUE A LUTA DE CLASSES SEJA SUPRIMIDA IGUALANDO A HUMANIDADE EM OPORTUNIDADES. QUE A  EVOLUÇÃO ESPIRITUAL ,INERENTE AO ESPÍRITO HUMANOS EJA A PONTE PARA O CAMINHO FELIZ E QUE O AMOR PAUTADO NAS ATITUDES POSITIVAS E NO EXEMPLO POSSAM ARRASTAR MULTIDÕES.

ARTIGO X
QUE A LIBERDADE SONHE E CAMINHE JUNTO COM A ESPERANÇA E NOS GUIE PARA O PRESENTE QUE TEMOS E O FUTURO QUE NÃO VEMOS

ARTIGO XI
QUE A LIBERDADE DE CRENÇAS, RAÇAS E ETNIAS SEJA UMA BANDEIRA EM NOME DA PAZ.

ARTIGO XII
QUE A LIBERDADE DE VIVER CADA ETAPA E IDADE SEJA RESPEITADA E PROTEGIDA POR NÓS.

DECRETO IRREVOGÁVEL
QUE AS RELIGIÕES, RAÇAS ETNIAS, IDENTIDADES DE GÊNERO, ORIENTAÇÕES SEXUAIS, LIBERDADES SEXUAIS, ANDEM DE MÃOS DADAS, SEM DISCRIMINAÇÕES E SE COMPREENDAM COMO HUMANIDADE.

ARTIGO XIII
QUE A EDUCAÇÃO  E A CULTURA POSSIBILITEM A TRANSFORMAÇÃO DA HUMANIDADE ATRAVÉS DA LIBERDADE DE PENSAR E DA ARTE.

ARTIGO XIV
QUE A CULTURA MACHISTA E OPRESSORA QUE NÓS TEMOS OU ESTAMOS SUBMETIDOS(AS) SEJA EXTINTA OU SUBSTITUÍDA POR NOVAS FORMAS DE VIVER, ONDE SEJA VALORIZADA A EMANCIPAÇÃO DA MULHER E RECONHECIDA A SUA AUTONOMIA.

ARTIGO XV
QUE O PATRIARCADO SEJA SUPRIMIDO DAS RELAÇÕES SOCIAIS E CULTURAIS. QUE O HOMEM NÃO SEJA O TIRANO DA MULHER, MAS SEU AMIGO E INCENTIVADOR. QUE A MULHER NÃO SEJA INIMIGA DE OUTRA MULHER, MAS COMPANHEIRA DE LUTA EMANCIPATÓRIA.

DECRETO IRREVOGÁVEL
QUE A HUMANIDADE SE RECONHEÇA COMO SER, COMO IRMANDADE. QUE A LUTA DE PODER IDEOLÓGICA SEJA TROCADA PELA AMIZADE E QUE AS GUERRAS E O ÓDIO SEJAM ANIQUILADOS.QUE NENHUM SER HUMANO SE SOBREPONHA A OUTRO SER HUMANO E QUE TODOS CAMINHEM RUMO A PAZ UNIVERSAL.

FÁTIMA TELES

ASSISTENTE SOCIAL, ESCRITORA E POETA